Alfafa

{Medicago sativa}

Determinar Deficiências de Boro

O amarelamento e o avermelhamento das folhas de alfafa, lembrando sintomas da seca, na verdade podem ser sinal de baixo nível boro.

Deficiência de boro em alfafa

Tem-se observado que o boro aumenta os rendimentos e melhora a qualidade de uma ampla variedade de culturas. A alfafa responde especialmente bem a fertilizantes à base de boro, conforme mostrado nos dados abaixo.

O boro é um nutriente essencial para todas as plantas. Os nutrientes agem em conjunto para produzir estandes de alfafa vigorosos que têm uma capacidade maior de maximizar as produções e suportar as tensões das culturas. Fornecer alfafa com boro adequado é necessário para:

  • Plantas mais verdes, com mais folhas e alta proteína
  • Rebrota mais rápida após cada poda
  • Vida útil mais prolongada do estande
  • Maior resistência ao inverno
  • Crescimento radicular elevado
  • Melhor eficiência do uso da água e tolerância à seca
  • Desenvolvimento maior dos nódulos radiculares para fixação de nitrogênio
  • Estandes mais espessos para conter o crescimento de ervas daninhas e gramíneas

A deficiência de boro em alfafa, em sua forma mais moderada, facilmente pode passar despercebida pelo fato de se assemelhar a uma redução na floração e no desenvolvimento de sementes. Essa deficiência moderada raramente é detectável em produções de feno a partir de uma poda única. No entanto, a floração reduzida poderá atrasar a poda e o resultado será um feno de qualidade inferior. Por fim, a quantidade total do feno poderá ser menor.

Os principais sintomas da deficiência de boro são o amarelamento e o avermelhamento das folhas superiores. À medida que a deficiência progride, os entrenós da brotação superior se tornam progressivamente menores e os ramos laterais curtos ajudam a dar à planta uma aparência “rosetada”. Nessa fase, o perfilho se torna dormente ou morre.

A deficiência de boro é bastante associada à tensão de umidade e à seca. O amarelamento da alfafa causado por deficiência de boro frequentemente é confundido com dano causado pela seca. Em geral, a floração é reduzida e as flores caem antes da brotação da muda. Os sintomas da deficiência de boro devem ser contrastados com danos causados por cigarrinhas, a deficiência de potássio e determinadas doenças, que causam o amarelamento das folhas inferiores e superiores. Com a deficiência de boro, o amarelamento se restringe às folhas superiores e não ocorre de forma aleatória, como no caso dos danos causados por cigarrinhas.

Quanto de boro é suficiente?

  • A alfafa remove quantidades maiores de boro do solo por ano do que qualquer outra cultura. A maioria das universidades recomenda a aplicação de boro no crescimento do estande e, em seguida, anualmente, depois de cada poda.
  • As taxas de fertilização com boro devem se basear nas metas da produção juntamente com testes do solo e/ou análises das plantas. A tabela acima fornece diretrizes gerais das taxas de aplicação.

Programando sua aplicação de boro

Na implantação: ​
  • O boro pode ser aplicado e incorporado a outros fertilizantes e/ou produtos químicos antes do plantio no outono ou na primavera.
  • As aplicações por semeadura são mais econômicas com Granubor® em misturas secas ou Topbor® F em suspensões.
  • Onde houver preocupação quanto à lixiviação ou à tolerância de policultura, taxas de boro mais elevadas devem ser divididas, sendo a maior parte aplicada depois da primeira poda no ano de estabelecimento.
  • Nunca aplique boro com a semente no plantio.

Fertilização da alfafa

Lb recomendadas de boro por acre, por ano
Rendimento potencial
(Toneladas/Acre)
Métodos de aplicação Classificação de testes de solo com boro
    Baixo Médio Alto
1 a 3 Antes da semeadura 1 0 0
  Adubação de cobertura 1 1 0
3 a 6 Antes da semeadura 2 1.5 0
  Adubação de cobertura 2.5 2 1
Mais de 6 Antes da semeadura 3* 2.5 1
  Adubação de cobertura 4* 3* 1.5

Adubação de cobertura anual:

  • A alfafa precisa de uma taxa relativamente alta de boro de forma constante durante toda a época de cultivo. Aplicações anuais de boro devem ser realizadas quando outros nutrientes são adubados em cobertura, depois das podas.
  • Se nenhum outro fertilizante for aplicado em virtude da aplicação de esterco, as necessidades de boro da alfafa poderão ser atendidas com Solubor® pulverizado na resteva depois de qualquer poda ou em qualquer operação de pulverização.*
  • Como a alfafa extrairá mais boro do que precisa para uma única poda, aplicações divididas de taxas elevadas são mais econômicas e eficientes.
  • Como a disponibilidade do boro diminui durante os períodos secos e pelo fato de o boro adequado aumentar a resistência no inverno, a maioria dos produtores aplica boro depois da primeira poda na primavera e na última poda no verão.


*As pulverizações foliares não devem ultrapassar 0,5 lb/acre de boro por aplicação.

Aplicação no solo (Taxas de aplicação sugeridas)

  Granubor Topbor F
LBS/ACRE 6-24 6-24
KG/HA 6.75 - 27.00 6.75 - 27.00

Adubação foliar (Taxas de aplicação sugeridas)

  Solubor
LBS/ACRE 4-9
KG/HA 4.5 - 10.125