Pinheiro

{Pinus spp.}

Deficiência de boro em pinheiro

A maioria das espécies apresenta sintomas semelhantes de deficiência de boro, incluindo a interrupção do crescimento do líder principal; o perecimento apical é associada a algumas espécies com exsudação de resina; e o crescimento torto do líder foi relatado em várias espécies de pinheiros. O sintoma mais característico é a interrupção do crescimento apical e a morte recorrente do broto principal. Em P. radiata e P. taeda, os perfilhos poderão se tornar necróticos e o ápice do caule incha. As agulhas jovens adjacentes à gema apical poderão morrer e há exsudação de resina a partir da gema. Nessas duas espécies, as agulhas juvenis poderão ter a coloração verde azulada e as agulhas maduras apresentam uma tendência a se fundir.

O crescimento torto do líder foi relatado especialmente em P. caribaea, P. khasya e P. patula. P. khasya e P. patula parecem menos suscetíveis à deficiência de boro do que P. radiata e P. caribaea. Em P. strobus, as agulhas principais assumem a coloração azul-claro/verde, com pontas amarelas/laranjas.

Aplicação no solo (Taxas de aplicação sugeridas)

  Granubor Topbor F
LBS/ACRE 6.3-31.2 6.3-31.2
KG/HA 7.09 - 35.10 7.09 - 35.10

Adubação foliar (Taxas de aplicação sugeridas)

  Solubor
LBS/ACRE 4.5 - 22.3
KG/HA 2.04 - 10.12