Coco

{Cocos nucifera}

Deficiência de boro em coco

As má formações das folhas causadas por deficiência de boro foram observadas pela primeira vez na década de 1960. Elas ocorrem nas folhas mais jovens e são mais ou menos idênticas às encontradas nas palmeiras-de-dendê.

Os sintomas, em ordem crescente de gravidade, são

  • fusão das folhas pinadas apicais na fronde
  • “folhas em formato de gancho” ou “de baioneta,” nas quais as folhas pinadas se dobram em um gancho duplo ou único próximo à extremidade
  • desenvolvimento das frondes com folhas pinadas muito curtas em um ou ambos os lados da ráquis
  • nos casos mais graves, desenvolvimento da fronde sem nenhuma folhada pinada

Os primeiros dois sintomas são os observados mais comumente. Ocasionalmente, o perfilho apical morre.

O primeiro sinal da deficiência de boro em cocos de um ano de idade é o desenvolvimento de pequenas manchas cloróticas nas folhas jovens; as manchas são simetricamente orientadas em relação às nervuras principais na folha. Esses sintomas de deficiência de boro em palmeiras muito jovens lembram bastante os sintomas em palmeiras-de-dendê jovens.

Aplicação no solo (Taxas de aplicação sugeridas)

  Granubor 2 Topbor F
LBS/ACRE 1.1 - 2.8 1.1 - 2.8
KG/HA .49 - 1.27 .49 - 1.27

Adubação foliar (Taxas de aplicação sugeridas)

  Solubor
LBS/ACRE 0.8 - 2.5
KG/HA .036 - 1.13