Milho

{Zea mays}

Deficiência de boro em milho

O boro é um elemento-chave na nutrição da planta. Pesquisadores universitários observaram aumentos na produção que variam de 9 a 37 alqueires de milho por acre onde o boro foi adicionado. O milho requer níveis elevados de todos os nutrientes para assegurar produções com máxima economia.

O boro é necessário para:

  • Estímulo do desenvolvimento radicular e dos brotos
  • Formação de ramos do pendão e de estigma
  • Movimento de açúcares das folhas até as espigas
  • Germinação de pólen
  • Crescimento do tubo polínico e formação de sementes
  • Melhor eficiência do uso da água e tolerância à seca

A distribuição irregular de grãos e uma redução geral no crescimento são os primeiros sinais de deficiência de boro. A deficiência severa de boro resulta em espigas de milho tortas e curtas com extremidades subdesenvolvidas e desenvolvimento muito precário dos grãos. Manchas amarelas ou brancas se desenvolvem entre as nervuras em folhas jovens e as manchas normalmente coalescem formando riscas. Essas riscas, que poderão ser cerosas e emergir na superfície das folhas, em geral não se desenvolvem em folhas crescidas integralmente. As extremidades das folhas poderão estar enroladas. Também há um encurtamento dos entrenós e, com frequência, as folhas jovens não abrem. Há indicações de que o milho com alta lisina é mais suscetível à deficiência de boro do que o milho normal.

Quanto de boro é suficiente?

  • O milho extrai quantidades significativas de boro do solo todos os anos. Em situações de produção elevada, a fertilização com boro se torna extremamente importante. A maioria das universidades recomenda o boro no plantio, na cobertura ou aplicação fertirrigada para milho irrigado.
  • As taxas de fertilização com boro devem se basear nas metas da produção juntamente com testes do solo e/ou análises das plantas. A tabela acima fornece diretrizes gerais das taxas de aplicação.

Programando sua aplicação de boro

  • O boro poderá ser aplicado em fertilizante seco com misturas a granel, semeado antes do plantio, usando Granubor® 2.
  • O boro em suspensões líquidas poderá ser aplicado na semeadura antes do plantio, no sulco de semeadura no plantio ou como cobertura usando o Topbor F® nas suspensões.
  • O boro em fertilizantes líquidos poderá ser semeado antes do plantio, aplicado no sulco de semeadura no plantio, aplicado como cobertura ou fertirrigado usando Solubor®.
  • O boro para milho irrigado em produções elevadas poderá ser aplicado com mais conveniência por meio do sistema de irrigação como o Solubor® 4 a 6 semanas após o surgimento em duas aplicações de até uma libra cada.
  • Nunca aplique boro em contato direto com a semente.

Aplicação no solo (Taxas de aplicação sugeridas)

  Granubor 2 Topbor F
LBS/ACRE 4-9 4-9
KG/HA 4.50 - 10.13 4.50 - 10.13

Adubação foliar (Taxas de aplicação sugeridas)

  Solubor
LBS/ACRE 2-4
KG/HA 2.25 - 4.5