Alface

{Lactuca sativa}

Deficiência de boro em alface

A deficiência de boro na alface causa:

  • Redução do crescimento
  • Má-formação das folhas jovens
  • Desenvolvimento de manchas escuras, geralmente perto da ponta da folha, que mais tarde se desenvolvem em uma necrose marginal

As folhas são grossas, quebradiças e frequentemente em forma de concha. O desenvolvimento da cabeça é fraco e também ocorre a clorose. As cabeças amarelas apodrecem no centro após a morte do ponto de crescimento. As raízes em plantas deficientes em boro são marrons, curtas e com nó no aspecto.

A queimadura de ponta em folhas mais jovens tem sido associada à deficiência de boro, mas este sintoma é provável que seja devido a outros fatores. Os estágios iniciais da deficiência de boro podem ser confundidos com queimadura na ponta que, ao contrário da deficiência de boro, não leva à falta de "vida" e morte do ponto de crescimento.

Faixas típicas recomendadas para aplicação de solo a lanço de boro para alface é de 1 a 2 lb de B/acre. Os níveis normais de análise em plantas para a melhor qualidade e comercialização têm níveis de boro foliar na faixa de 25 a 50 ppm.*


*Busque sempre informações com os consultores de colheita locais para verificar a dosagem apropriada. As taxas de fertilização de boro devem ser baseadas em objetivos de rendimento juntamente com testes de solo e/ou análises de tecidos de plantas.

Aplicação no solo (Taxas de aplicação sugeridas)

  Granubor Topbor F
LBS/ACRE 6-13 6-13
KG/HA 6.75 - 14.63 6.75 - 14.63

Adubação foliar (Taxas de aplicação sugeridas)

  Solubor
LBS/ACRE 4-9
KG/HA 4.5 - 10.125
Valor em uso
Produtos
Superfície de cultivo
Rendimento atual (Por hectare)
Kg
Preço de venda esperado