Banana

{Musa spp.}

Deficiência de boro em banana

O boro é o micronutriente que mais falta nas plantações de banana. A principal função do boro na banana é atuar como um componente-chave em uma série de processos vitais, como a integridade estrutural das paredes celulares, a divisão celular, o desenvolvimento radicular e a permeabilidade do potássio (K+) nas membranas.

O boro é necessário para:

  • O crescimento e o desenvolvimento adequados
  • A consistência da polpa
  • O desenvolvimento de brotos secundários

A expansão e o desdobramento incompletos da folha mais jovem provavelmente são o sintoma mais característico da deficiência de boro. Em casos muito graves, ocorrem clorose entre os nervos e má formação das folhas. As folhas poderão ficar estreitas, enroladas e desenvolvidas de forma incompleta. É provável que o desenvolvimento dos brotos secundários seja muito precário.

A deficiência de boro primeiro resulta no desenvolvimento de riscas cloróticas pequenas alinhadas perpendicular e transversalmente às nervuras principais do limbo das folhas. Conforme a deficiência se agrava, as riscas cloróticas se tornam mais extensas e mais concentradas, acabando por se prolongarem pela folha e, em alguns casos, aparecendo como pequenas saliências na superfície inferior.

Riscas nas folhas foram relatadas em casos de deficiência de boro. No entanto, essas riscas normalmente coalescem, formando fragmentos que acabam aumentando de tamanho e ficando necróticos. A ausência de fragmentos necróticos e a aparência de má formação das folhas permitem que a deficiência de boro seja diferenciada da deficiência de enxofre.

O enegrecimento no centro da polpa do fruto foi observado em experimentos com culturas arenosas. No campo, a presença de sedimentos gomosos de coloração âmbar (principalmente na direção da extremidade das flores) também foi associada à deficiência de boro.

Quanto de boro é suficiente?

  • As plantas de banana extraem quantidades significativas de boro do solo todos os anos. Quando uma planta demonstra sinais de deficiência, ela não consegue se recuperar totalmente. A floração poderá ser regular, porém talvez nenhum fruto seja produzido. Também poderá ocorrer dispersão de potássio pelas membranas celulares. Consulte sempre o departamento local de agricultura para verificar as taxas de dosagem apropriadas.
  • As taxas de fertilização com boro devem se basear nas metas da produção juntamente com testes do solo e/ou análises das plantas.

Programando sua aplicação de boro

  • Os períodos que exigem muito boro são depois da safra, da floração e durante o crescimento dos frutos.
  • O boro poderá ser aplicado em misturas secas ou fluidas. Com fertilizante seco para misturas a granel, recomenda-se a semeadura antes do plantio usando Granubor®.
  • O boro poderá ser aplicado na semeadura em um semicírculo ao redor da planta usando Topbor® F.
  • O boro em fertilizantes líquidos poderá ser semeado  ou aplicado usando Solubor®. Esse material também poderá ser misturado com pesticidas ou aplicado à folhagem em pulverização aquosa

Aplicação no solo (Taxas de aplicação sugeridas)

  Granubor Topbor F
LBS/ACRE 13-24 13-24
KG/HA 14.63 - 27.00 14.63 - 27.00

Adubação foliar (Taxas de aplicação sugeridas)

  Solubor
LBS/ACRE 9-17
KG/HA 10.125 - 19.125