Agricultura sustentável

O papel da U.S. Borax na agricultura sustentável

Nossa população mundial está crescendo rapidamente, mas a quantidade de terras cultiváveis não. Mudança climática. Empobrecimento e contaminação do solo. Demandas de colheita. Tudo isso ameaça nossa capacidade de manter um fornecimento global de alimentos suficiente.

A U.S. Borax deseja ajudar futuros fazendeiros a atender as necessidades atuais de alimentos da sociedade sem atrapalhar os recursos para as gerações futuras. Com nossas políticas de agricultura sustentável, nós promovemos métodos e práticas agrícolas que são:

  • Consciência ambiental
  • Benefício para comunidades locais
  • Rentabilidade

Tudo começa na mina

Boron, California mine
Nosso compromisso com a sustentabilidade começa antes que nosso produto seja embalado. As práticas de segurança e proteção ambiental são a base de nossos princípios operacionais. Em nossas operações de escala industrial de Boron, California, nós procuramos continuamente por formas de reduzir o uso de água e energia e emissão de gás estufa ao mesmo tempo em que protege a saúde e o bem-estar de nossos funcionários. As condições extremamente áridas da California aceleraram nossos esforços para redução da nossa pegada de carbono ao mesmo tempo em que fornece micronutrientes importantes.

E continua pela cadeia de fornecimento

Nossos clientes querem saber que os produtos da U.S. Borax foram produzidos de forma responsável. Para isso, nós temos uma equipe global bem estabelecida de especialistas internos dedicados para o gerenciamento do produto. Nós garantimos que nossas práticas atendem ou excedem os padrões de segurança e gerenciamento de produto em todos os lugares que temos negócios.

Até nossos produtos

Suporte para o potencial de rendimento máximo
Os fertilizantes da U.S. Borax ajudam os fazendeiros a maximizar o potencial para alto rendimento de colheita quando o boro é o fator limitante. Por décadas, fazendeiros e pesquisadores focaram em macronutrientes, como NPK para melhorar o rendimento e a qualidade da colheita. No entanto, a importância de micronutrientes, como zinco e boro, aumentou nos últimos anos, já que muitos fazendeiros não conseguiram atingir novos níveis de produtividade e qualidade sem ter os micronutrientes essenciais em seu programa de fertilização. O boro foi classificado como um nutriente essencial para as plantas em 1923 (Warington, 1923).
Certificado de orgânico
Nossos boratos refinados são mais puros e limpos que minerais brutos, o que reduz contaminantes no solo, como o metal pesado arsênico. Todos os produtos refinados 20 Mule Team® são certificados e aprovados para uso em fazendas orgânicas.

Suporte à indústria agrícola

A U.S. Borax faz parte do The Fertilizer Institute (TFI), que promove os 4Rs. Um conceito de que a fonte de fertilizante correta, aplicada com uma taxa correta no momento e lugar certos é a melhor forma de aumentar a produção e a rentabilidade da colheita ao mesmo tempo em que protege o ambiente e melhora a sustentabilidade. Além disso, nós damos voz para a indústria de micronutrientes no comitê de micronutrientes do TFI e no comitê de 4R Nutrient Stewardship Committee que oferece a base para apoiar essas iniciativas.

A Rio Tinto da parte da mesa redonda do Roundtable on Sustainable Palm Oil (RSPO), um grupo sem fins lucrativos criado para desenvolver e implementar padrões globais para o óleo de palma sustentável. O RSPO desenvolveu uma série de critérios ambientais e sociais que as empresas devem respeitar na produção do Óleo de palma sustentável certificado (CSPO). O uso desses critérios pode ajudar a minimizar o impacto negativo do cultivo de óleo de palma no meio-ambiente e nas comunidades nas regiões produtoras.
Farmer in the greenhouse

Mudança climática

Flower in Death Valley

Nossa empresa matriz, a Rio Tinto, reconhece a importância de combater a mudança climática. A mineração e o refinamento de boro consomem muita energia e nós estamos agindo para aumentar a produtividade e reduzir emissões. O desafio é atender as crescentes necessidades mundiais de boro ao mesmo tempo em que enfrentamos o problema das mudanças climáticas.

A Rio Tinto aceita a avaliação da ciência de mudança climática e acredita que o desenvolvimento sustentável precisa de crescimento econômico e de uma resposta efetiva para a mudança climática. Por isso, continuar a conduzir o crescimento econômico ao mesmo tempo em que lidamos com a mudança climática é um problema estratégico para nós. Nós buscamos ser parte da solução ao:

  • Reduzir nossas emissões de gás de efeito estufa (GHG)
  • Fornecer produtos sustentáveis
Sobre o assunto complexo da mudança climática, nós acreditamos que um progresso significativo para a obtenção de uma solução somente ocorrerá em locais com grande engajamento, envolvendo amplas experiências e opiniões de empresas, governos, investidores, sociedade civil, organizações e consumidores.
Referências
Warington, K. 1923. "The effect of boric acid and borax on the broad bean and certain other plants." Ann Bot. 37:629-672.